Terça, 11 de Maio de 2021 00:52
27992035090
Senado Federal Senado Federal

CPI aprova nomes de servidoras do TCU para auxiliarem trabalhos

Em reunião nesta terça-feira (4), a CPI da Pandemia aprovou requerimento que solicita ao Tribunal de Contas da União (TCU) a disponibilização de du...

04/05/2021 12h40
5
Por: Redação Agora ES Fonte: Agência Senado
Omar Azis é presidente da CPI da Pandemia - Edilson Rodrigues/Agência Senado
Omar Azis é presidente da CPI da Pandemia - Edilson Rodrigues/Agência Senado

Em reunião nesta terça-feira (4), a CPI da Pandemia aprovou requerimento que solicita ao Tribunal de Contas da União (TCU) a disponibilização de duas servidoras para auxiliarem nos trabalhos da comissão (REQ 374/2021). O pedido foi feito pelo senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente do colegiado, que indicou os nomes de Deane D’abadia Morais e Sorhaya Sampaio de Araújo, auditoras federais de controle externo.

"Diante das diversas matérias que esta CPI investigará e, das inúmeras solicitações de documentos e informações para análise, torna-se necessário o auxílio de auditores de contas para o melhor desenvolvimento dos trabalhos”, diz Omar na justificativa.

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) questionou o motivo de o requerimento já indicar os nomes das servidores. Segundo ele, o correto seria pedir ao TCU que cedesse dois servidores e depois decidir os nomes.

— Queria saber o motivo para se chegar a esses nomes. Soube até que essas servidoras já estão aqui na CPI acompanhando os trabalhos.

Ciro também criticou a votação do requerimento sem análise prévia. 

— Que essa seja a ultima vez que a comissão coloque requerimentos que não estejam na pauta 48 horas antes. Que não aconteça pois está ferindo radicalmente o nosso regimento.

Omar afirmou não saber quem são as servidoras e se elas já estavam acompanhando a reunião ou não.

Novos requerimentos

A CPI recebeu, na segunda-feira (3), mais dois requerimentos de convocações a ministros de Estado. Os pedidos são de autoria do vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). 

O primeiro pede a presença da ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, para prestar depoimento sobre o papel do órgão na gestão da pandemia e esclarecer se houve interferência indevida nos trabalhos da CPI.

Já o outro requerimento solicita a presença do ministro da Justiça, Anderson Torres. Randolfe quer que o ministro explique sua entrevista à revista Veja, em que informou que iria solicitar à Polícia Federal informações sobre os inquéritos que envolvem governadores em supostos desvios de dinheiro da saúde.

Os requerimentos ainda não foram apreciados e se somam a outros pedidos que podem ser votados em breve, como a convocação dos ministros Paulo Guedes (Economia), Walter Braga Netto (Defesa e ex-Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil e ex-Secretaria de Governo), entre outros. Há ainda requerimentos para a convocação do ex-ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e do atual chanceler, Carlos Alberto Franco França.

A CPI também pode votar pedidos para o comparecimento dos governadores João Doria (São Paulo), Wilson Lima (Amazonas), Rui Costa (Bahia) e Hélder Barbalho (Pará). Wellington Dias (Piauí) deve ser convidado como representante do Fórum de Governadores.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.