Terça, 11 de Maio de 2021 01:29
27992035090
Saúde VIDA FELIZ

Todo encontro é sagrado

O encontro entre dois seres humanos é um ato sagrado

17/04/2021 10h47
31
Por: Redação Agora ES
Todo encontro é sagrado

Por Jane Mary

O encontro entre dois seres humanos é um ato sagrado. Não há nenhum exagero nesta afirmação, visto que cada pessoa traz dentro de si a essência divina, a fagulha de luz, um pedacinho de Deus. Portanto, um encontro entre duas pessoas representa um Deus encontrando outro Deus.

É por isso que os indianos se cumprimentam dizendo NAMASTÊ, que significa: o Deus que vive em mim saúda o Deus que vive em você. Eles ainda inclinam um pouco o corpo, fazendo uma leve reverência. Estão certíssimos, é preciso reverenciar mesmo a presença do Divino Criador dentro da outra pessoa que está na nossa frente.

Somos deuses em formação! A gente precisa começar a acreditar nisso ou então continuaremos nos comportando como mendigos sendo filhos do dono do mundo. Ora, se filho de peixe é peixinho, por que filho de Deus não seria deusinho?

O problema foi que desde criança colocaram na cabeça da gente que éramos pecadores, que tínhamos que viver em permanente penitência, instalaram a culpa em nós, um completo absurdo. Mas o pior de tudo é que nós acreditamos! A gente se torna aquilo que pensa que é, essa é a tragédia.

Se eu penso que sou grande, começo a me comportar como tal; se penso que sou nada, da mesma forma. Desde os tempos de Buda já se sabe que pensamentos criam a realidade, isso não é uma descoberta nova, como a nova ciência tenta nos fazer acreditar. A coisa é antiga, muito antiga, no universo da espiritualidade já se sabe disso há séculos.

Por isso, é muito importante higienizar nossos pensamentos todos os dias, como fazemos com os nossos dentes e o nosso corpo. Ao pensar mal de alguém, corrija-se imediatamente: “assim como eu, essa pessoa está tentando ser feliz, ela está dando o melhor de si... Eu e ela somos uma só energia perante Deus.”

Uma mente cheia de negatividades vai enxergar o mundo sob a ótica do pessimismo, vai achar tudo sombrio e perigoso, a pessoa passará pela existência como se estivesse numa emboscada, rodeada de perigos, e assim ela gastará todo o tempo se defendendo de riscos imaginários que ela mesma criou.

Uma mente negativa é aquela que se deixou dominar pelo ego, por isso a pessoa vive atormentada pelo medo... medo até da própria sombra. Já uma mente positiva vive no amor, preenchida da energia divina, por isso nada teme. O mundo para uma pessoa de mente positiva é um parque de diversões, ela se sente feliz e em completa segurança.

Não importa se diante de você está uma pessoa de mente positiva ou negativa, em qualquer das circunstâncias ela é digna da sua reverência. Mesmo que dentro dela exista um Deus adormecido, ainda sim ela é um ser absolutamente sagrado. E pode acreditar: a luz que você emanar, através do seu amor e da sua reverência, irá despertar nela o desejo de despertar. Mais cedo ou mais tarde isso vai acontecer.

Como dizem os budistas, estamos condenados à perfeição, de um jeito ou de outro, pelo amor ou pela dor, caminhamos na direção da luz, porque da luz viemos e para a luz retornaremos um dia. O nosso estado natural é a perfeição, a luz, o amor! Quanto mais depressa você reconhecer a luz em si mesmo e nos outros, mais depressa você alcançará a paz interior e a felicidade plena. Esse é o plano de Deus para todos os seus filhos, sem distinção. Deus não tem filhos prediletos...

Jane Mary é jornalista, consultora de marketing, autora de oito livros de autoconhecimento. (site: janemary.com.br)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.