Quinta, 22 de Abril de 2021 20:21
27992035090
Saúde VIDA FELIZ

Receba bem a tristeza

Pois saiba que a tristeza traz importantes recados da alma, é preciso recebê-la bem e ouvir atentamente o que ela tem a dizer

04/04/2021 09h48 Atualizada há 3 semanas
19
Por: Redação Agora ES
Receba bem a tristeza

Por Jane Mary

Temos a mania de espantar a tristeza como se ela fosse uma doença ruim. Pois saiba que a tristeza traz importantes recados da alma, é preciso recebê-la bem e ouvir atentamente o que ela tem a dizer.

Ensinaram pra gente que só a alegria é sinal de bem-estar, só ela deve ser festejada. Nada disso, é importante conviver bem com todas as sensações, porque todas elas fazem parte do nosso crescimento pessoal.

A tristeza repentina, aquela que surge de uma hora para outra sem um motivo aparente, sinaliza sempre na direção de uma mudança que precisa ser feita na vida da gente.

Na correria da vida, deixamos sempre o essencial para depois e assim as insatisfações vão se acumulando dentro de nós, até que um belo dia a tristeza rompe a muralha e se manifesta para nos alertar de que é preciso mudar o rumo da nossa história.

Ao invés de se esforçar para ser alegre, receba bem a tristeza... afaste-se dos barulhos do mundo... dê um tempo no celular, tudo em excesso faz mal... mergulhe para dentro de você... não tenha medo... se der vontade de chorar, chore.

Não interrompa nenhuma lágrima... deixe que elas escorram pelo o seu rosto livremente pelo tempo que for necessário. Toda lágrima nos ensina uma lição preciosa. Habitue-se a pensar que depois da tempestade sempre vem o arco-íris... uma coisa boa termina para que outra melhor comece...

No começo é difícil mesmo… você olha para fora e vê o mundo tão alegre, as pessoas tão contentes que imediatamente surge na sua mente a impressão de que só você está triste, só você não está conseguindo alcançar a felicidade.

Se você entrar na internet, aí é que a sensação de estar sofrendo sozinha aumenta assustadoramente. No Instagram, todos parecem ser felizes eternamente, mas é só aparência... os sorrisos na internet são pré-fabricados, feitos para a ocasião...

Não se engane com a aparência contente do mundo digital, a maioria das pessoas que habitam esse mundo escondem dores profundas, a maioria faz parte da geração Rivotril… são pessoas sonolentas, perdidas, que insistem em perambular pelo mundo com sorrisos completamente artificiais.

Os olhos revelam tudo que está se passando na alma de uma pessoa. Aprenda a olhar as pessoas nos olhos e você vai se surpreender com a quantidade de seres que já não vivem há muito tempo, apenas vegetam, agem como robôs, fazendo aquilo que a sociedade espera deles, não o que lhes aconselha o coração. Há milhões de mortos-vivos por aí...

Se você não receber bem a sua tristeza, não vai receber o recado da sua alma, não vai mudar e começará a andar em círculo, fazendo as mesmas coisas e esperando resultados diferentes. Vai deixar a vida passar sem ter feito nada em seu próprio benefício.

 Não tenha medo do que está além da lágrima e do recolhimento que a tristeza sugere... viva intensamente todas as emoções e mude sem medo o curso da sua vida. Siga o curso da existência, aventure-se por caminhos desconhecidos, permita-se viver novas histórias, novas alegrias, novas tristezas, tudo é bom, tudo é edificante.

A mudança é o caminhar natural da existência. Na natureza, nada permanece igual no momento seguinte, tudo ganha um novo frescor a cada instante, uma nova cor, um novo brilho.

Você faz parte disso, nasceu para se renovar, transformar, despertar, renascer quantas vezes forem necessárias. O único esforço que o Universo espera de você é a confiança em si mesmo e a coragem para encontrar Deus dentro de si.

Jane Mary é jornalista, consultora de marketing, autora de oito livros de autoconhecimento. (site: janemary.com.br)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.