Terça, 27 de Julho de 2021 05:57
27992035090
Opinião Opinião

Surpreenda-se!

Que graça tem fazer todo dia sempre a mesma coisa e do mesmo jeito?

19/07/2021 14h04 Atualizada há 1 semana
35
Por: Redação Agora ES
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Jane Mary

Sabe aquele tipo de pessoa que estufa o peito pra dizer: eu sou assim e vou morrer assim? Coitada, já morreu faz tempo e ainda não sabe... a rigidez é um sinal de morte.

Quando a pessoa se recusa a seguir a dinâmica da vida, que é de movimento constante, mudança permanente, ela simplesmente estaciona na evolução e, com o tempo, vai apodrecendo por dentro.

Que graça tem fazer todo dia sempre a mesma coisa e do mesmo jeito? A vidinha previsível, que muitos prezam, parece confortável, aparentemente não oferece riscos, mas não se engane, é uma morte lenta, porque contraria a natureza humana. Assim como as águas de um rio, nós precisamos nos movimentar permanentemente. Para que o novo nasça, é preciso que o velho morra... velhos hábitos, antigas manias... tudo isso atrapalha o nosso florescimento.

Nascemos como uma semente, que precisa ser lançada à terra para germinar, florescer, morrer e renascer. Se a semente se conforma com o plantio e se recusa a vencer as outras etapas, certamente apodrecerá sem ter cumprido o seu destino.

Passar sempre pelos caminhos conhecidos pode parecer mais confortável e seguro, mas é só uma impressão... qualquer zona de conforto representa perigo para a evolução.

Uma pessoa previsível, que faz tudo sempre igual, é uma morta viva, um ser completamente frio, sem entusiasmo, sem alma... vive prisioneira dela mesma, achando que o mundo é um perigo permanente, do qual ela precisa se defender.

É preciso entender uma coisa: se eu estou vendo o mundo cinzento e perigoso, é porque há muita escuridão e medo dentro de mim. O mundo exterior é um reflexo do meu mundo interior.

Se tenho um martelo nas mãos, é certo que só enxergarei pregos pela frente. Se há escuridão dentro de mim, o mundo sempre me parecerá cinzento e sombrio. O problema nunca está no outro, mas em mim. O outro é espelho, o que vejo nele, existe em mim.

O bom dessa história é que podemos acender a nossa luz no momento em que desejarmos. Basta reconhecer a doença para que a cura se inicie. Quanto mais depressa a pessoa identificar nela mesma o problema, e abandonar o papel da vítima, mais depressa ela florescerá.

Sempre que eu me vejo numa situação difícil, me lembro do magnífico exemplo da flor de lótus... ela nasce na lama, cercada de sujeira e odores e, mesmo assim, floresce lindamente, mirando sempre a luz do sol.

Se você está se recusando a se movimentar, se está passando sempre pelo mesmo caminho, se está enxergando uma série de defeitos nas pessoas e no mundo, se tem falado muito que é assim e vai morrer assim, vá em seu próprio socorro, mude o mais depressa que puder.

Saia de si mesmo, existe uma vida te esperando lá fora... Antes de nascer, você pactuou que cumpriria a missão para a qual foi destinada... não cumprir esse contrato firmado com o universo é uma infração grave... você terá que voltar para realizar o que está se recusando a fazer agora.

Não tem escapatória... como dizem os budistas, estamos condenados à perfeição... pelo amor ou pela dor, teremos que evoluir. Da luz viemos e para a luz retornaremos. A passos curtos ou largos, entre risos e lágrimas, entre vales e montanhas, teremos que caminhar, crescer e evoluir.

Se eu fosse você, respirava fundo e decidia neste momento a cumprir o plano divino feito exclusivamente para você. Esse plano, se você ainda não sabe, estabelece que você é um ser divino que veio ao mundo para florescer e viver eternamente feliz.

O que Deus programou para todos os seus filhos é a felicidade plena. Então, floresça onde Deus te colocou, mesmo que seja numa rocha... Surpreenda-se! •

Jane Mary é jornalista, consultora de marketing, autora de oito livros de autoconhecimento. (site: janemary.com.br)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vida Feliz
Sobre Vida Feliz
Jane Mary é jornalista, consultora de marketing, autora oito livros de autoconhecimento (janemary.com.br)
Vitória - ES
Atualizado às 05h43 - Fonte: Climatempo
18°
Alguma nebulosidade

Mín. 16° Máx. 28°

18° Sensação
7 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Quinta (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 22°

Sol com muitas nuvens e chuva